Quando começamos a ligar periféricos a uma placa Raspberry Pi, começando pelo teclado, ligação WiFi e um rato, rapidamente ficamos não apenas sem portas disponíveis e temos que ligar um hub USB – o qual tem obviamente que ser alimentado também de forma a alimentar a própria placa – e já começamos a ter um problema. É que o conjunto destas coisas fica rapidamente transformado num verdadeiro esparguete de cabos em cima da bancada, sendo relativamente fácil desligar alguma coisa sempre que mexemos no conjunto.

Como para todos os problemas tem que haver uma solução, surgiu no Kickstarter o projecto da placa Raspiado para ajudar a desembrulhar esse emaranhado de cabos e fontes de alimentação. A placa Raspiado tem as mesmas dimensões do que a Raspberry Pi e monta-se na base desta através de dois adaptadores empilháveis que usam os buracos de montagem, deixando assim os conectores GPIO de cima e os de câmara disponíveis na mesma, não limitando assim nenhuma das opções de conectividade existentes na plataforma e não afectando negativamente nenhum projecto já existente.

A placa Raspiado é basicamente um hub USB alimentado que nos oferece cinco portas USB em vez de duas. A sua fonte de alimentação opcional de 4000 mA/ 5 VDC é suficientemente poderosa para suportar todos os periféricos que se ligarem a essas portas assim como a própria placa RPi. A placa Raspiado liga-se à Raspberry Pi através de dois cabos USB para comunicação de dados e alimentação. Um conector de alimentação CC está igualmente disponível para ligarmos o adaptador de corrente.

Se visitarem a página do projecto Raspiado no Kickstarter podem verificar que os autores estão mesmo a precisar de ajuda. Bastam 30 dólares para comprarmos a placa e o hardware de montagem. O adaptador de corrente pode ser acrescentado – com a tomada correcta para cada região – por apenas mais 10 dólares.
 
  > Visitar a página da Raspiado no Kickstarter