Uma nova placa de desenvolvimento acaba de ser lançada por parte da Arduino, neste caso num esforço de desenvolvimento conjunto entre a Arduino e a Atmel, tendo como objectivo acelerar a “nova geração de dispositivos IoT”.
 
A nova placa chama-se Arduino Zero e integra um microcontrolador Atmel SAMD21, baseado num processador ARM Cortex M0+ a 32-bit. A placa vem com 256 KB de memória flash e 32 KB de SRAM. Os conectores para ligação a shields são compatíveis Arduino R3 a 3,3 V. Está disponível um depurador de software Atmel (EDBG) embebido para ajudar no desenvolvimento de programas.
 
De acordo com Massimo Banzi, co-fundador e CEO da Arduino “A placa Zero expande a família Arduino ao oferecer um maior desempenho para incentivar a criatividade da comunidade de entusiastas da electrónica. As suas especificações flexíveis permitem inúmeras oportunidades de criação de projectos de novos dispositivos e criam uma excelente ferramenta educacional para quem quiser aprender a desenvolver aplicações em ambientes 32-bit”.
 
Segundo comenta Reza Kazerounian, vice-presidente sénior e directo geral da divisão de microcontroladores da Atmel, esta solução “tira partido de mais de 15 anos de experiência da arquitectura AVR, provando que a simplicidade e facilidade de utilização sempre estiveram no centro da tecnologia da Atmel. A Atmel está muito satisfeita com o crescimento contínuo da comunidade de entusiastas da electrónica a nível global e com o acesso e disponibilidade crescentes de plataformas de código aberto tal como a Arduino. Estamos a oferecer as ferramentas ao mercado, mas o verdadeiro poder está nos utilizadores destas ferramentas”.
 
Os primeiros protótipos da placa Arduino Zero vão ser apresentados ao mercado nos próximos dias. A disponibilidade está por confirmar mas não deverá tardar muito.
 
  > Saber mais sobre a nova Arduino Zero