A Internet das Coisas ou coisas ligadas à Internet é um campo de desenvolvimento que entusiasma cada vez mais empresas, profissionais e entusiastas da electrónica, sendo um tipo de desenvolvimento que beneficia bastante de soluções como as que a Silicon Labs acaba de disponibilizar e que respondem potencialmente também aos dispositivos de tipo “wearables” ou que se podem usar.

Apresentados no certame IIC China Power Management 2014, em Shenzhen, os dois novos kits de desenvolvimento da Silicon Labs são soluções económicas, fáceis de usar e que permitem acelerar bastante a criação de novas aplicações baseadas em sensores biométricos e ambientais, tal como soluções IoT (Internet of Things).

As aplicações possíveis com estes novos kits incluem sistemas de segurança doméstica, pequenos termóstatos, detectores de fumo, estações meteorológicas, relógios e dispositivos de fitness com ligações à Internet, monitores cardíacos, auriculares e outros “sistemas de usar”.

Estes novos kits têm como objectivo acelerar o desenvolvimento de aplicações com base nos circuitos integrados de sensores da Silicon Labs, incluindo soluções avançadas para medição de humidade, temperatura, luz ambiente, índice de exposição UV e sensores de proximidade. Com estes sensores e estes kits, complementados pelas ferramentas de software Simplicity Studio, torna-se possível criar projectos mais simples e em menos tempo, sendo mesmo possível colocar novos conceitos no mercado mais rapidamente.

O primeiro destes kits da Silicon Labs é o sistema de desenvolvimento ambiental SLSTK3201A, congregando igualmente aplicações de reconhecimento gestual aos sensores ambientais já referidos. Este kit de desenvolvimento combina um microcontrolador (MCU) EFM32 Zero Gecko com uma placa de expansão para sensores e inclui igualmente uma estação meteorológica com controlo gestual que é capaz de monitorizar humidade relativa, temperatura e UV como aplicação prática. O código fonte completo está disponível na plataforma de desenvolvimento Simplicity Studio da Silicon Labs, reduzindo substancialmente o tempo de desenvolvimento.

O segundo kit de desenvolvimento da Silicon Labs tira partido de sensores biométricos, criando uma plataforma de desenvolvimento ideal para experiências com batidas cardíacas, níveis de oxigénio no sangue (Sp02), assim como índice de exposição UV, humidade relativa e temperatura. A platforma inclui igualmente a placa de expansão BIOMETRIC-EXP-EVB com sensores ópticos Silicon Labs Si114x e de humidade e temperatura Si701x/2x. A placa de sensores liga-se directamente ao kit de iniciação que integra um MCU EFM32 Wonder Gecko. A Silicon Labs prevê também a placa opcional HRM-GGG-PS para este kit de desenvolvimento, optimizada para aplicações “wearable” e com suporte para monitorização numa correia de pulso e ligação à placa de sensores biométricos através de interface I2C e um cabo mini-flex.

O firmware de demonstração biométrico para os microcontroladores EFM32 Wonder Gecko está disponível gratuitamente em www.silabs.com/biometric-exp-evb. O módulo de biblioteca e o algoritmo de medição cardíaca e ficheiros de configuração estão também disponíveis gratuitamente, eliminando a necessidade de desenvolver drivers para sensores biométricos de raiz.

Os kits com sensores ambientais e biométricos funcionam com simples pilhas de tipo relógio, demonstrando o baixo consumo dos MCUs e CI de sensores da marca em aplicações IoT e wearables. Cada placa de expansão de sensores inclui igualmente o conversor de corrente CC/CC (boost) Silicon Labs TS3310 para ajudar a minimizar o consumo de energia.

“As capacidades de medição ambientais e biométricas com sensores de alta precisão são críticas nas actuais aplicações IoT e wearables, assim como o consumo reduzido dos MCUs e a conectividade com os principais padrões wireless”, explica Ross Sabolcik, vice presidente e director geral da divisão de Sistemas Analógicos, Alimentação e Sensores da Silicon Labs.
 
  > Ver mais informação sobre os sensores e os kits de desenvolvimento da Silicon Labs