A FTDI Chip confirmou uma actualização ao seu actual portfólio de drivers USB, de forma a incluir funcionalidades de suspensão selectiva. Estes novos drivers acabaram de receber certificação por parte da Microsoft e estão agora disponíveis para descarga gratuita directamente no website da FTDI Chip. A FTDI Chip é uma empresa inglesa especializada em plataformas de desenvolvimento electrónico e nomeadamente na conversão de periféricos antigos directamente para tecnologia Universal Serial Bus (USB), permitindo a migração de projectos ao combinar soluções integradas USB Serial (USB RS232) e USB FIFO com drivers isentos de royalties e prontos a usar.
 
Com o lançamento de versões de corrente reduzida na sua série de sistemas X-Chip, a marca decidiu agora melhorar também a capacidade de gestão dos consumos através da tecnologia de drivers adequada. Com suporte para os ambientes Windows mais populares (com suporte WHQL para Windows 7, 8, 8.1, Server 2008), a nova funcionalidade de suspensão selectiva incorporada nos novos drivers da FTDI Chip permite que, quando necessário, o hospedeiro USB possa ganhar a capacidade de activar ou suspender uma porta/periférico por controlo de software, resultando numa enorme flexibilidade para implementação de novos projectos de electrónica onde seja necessário optimizar os consumos médios e totais. Esta nova capacidade pode ser usada para controlar portas USB que estão configuradas em grupo como parte de uma estrutura de “hub”, de forma a ser possível aceder a determinados periféricos ou desligá-los quando estes não estão a ser necessários. Entre as aplicações onde esta funcionalidade demonstra maior utilidade estão os leitores de cartões e leitores biométricos em computadores portáteis, assim como sistemas de automação domésticos, monitores ambientais e sistemas de controlo industrial.
 
“Esta funcionalidade adicional incorporada nos nossos drivers será de enorme benefício para todos e acreditamos que a sua utilização futura terá aplicações bastante diversas”, afirma Dave Sroka, director de marketing de produto global da FTDI Chip. “Decidimos oferecer esta função por defeito porque sentimos que existem muitas aplicações que podem beneficiar, especialmente se tivermos em conta o número crescente de sistemas distribuídos com sensores integrados, tal como em aplicações Internet of Things (IoT), onde o baixo consumo é o mais importante e onde termos a capacidade de activar e desactivar subsistemas pode ter um enorme impacto económico”.
 
  > Ver mais informações sobre a gama de drivers da FTDI Chip