A National Instruments (NI) anunciou recentemente o lançamento do seu controlador CompactRIO com um processador Intel Atom e tecnologia FPGA Xilinx Kintex-7, melhorando assim o desempenho e facilitando a integração de sistemas, nomeadamente com o software LabVIEW 2014 que agora ganhou novas capacidades para adquirir, analisar e visualizar dados.

O novo sistema CompactRIO Software-Designed Controller da NI permite resolver alguns dos maiores desafios da engenharia, integrando as mais recentes tecnologias embebidas da Intel e Xilinx de forma a oferecer uma solução integrada de alto desempenho e flexibilidade, suportada pelo software LabVIEW 2014 e NI Linux Real-Time. Segundo a NI, o CompactRIO é ideal para aplicações de controlo avançado em ambientes industriais, oferecendo processamento de alto desempenho, com funções de trigger programáveis e capacidades de transferência de dados das soluções modulares C Series I/O.

“A arquitectura LabVIEW RIO ultrapassa as fronteiras dos sistemas embebidos tradicionais e oferece a melhor plataforma pronta a usar para resolver os desafios mais exigentes de controlo e monitorização”, explica Jamie Smith, director de sistemas embebidos da NI. “A nossa abordagem nesta plataforma permite que as equipas de desenvolvimento e engenharia possam trabalhar com confiança em novas aplicações embebidas, sem desperdiçarem tempo de desenvolvimento e recursos”.

De acordo com Shahram Mehraban, responsável global de mercados de energia e aplicações industriais do Intel Internet of Things Group, “a colaboração entre a Intel e a NI permite que todos possam beneficiar das tecnologias de processamento mais recentes, com as especificações mais exigentes. Ao trabalharmos em estreita colaboração com a NI durante as etapas iniciais de desenvolvimento do produto, tornou-se possível implementar o mais recente processador Intel Atom também para este segmento”.

As capacidades melhoradas de hardware da solução CompactRIO são potenciadas pelo processador Intel Atom de duplo núcleo e FPGA Kintex-7, permitindo processar mais canais e implementar filtro e algoritmos de controlo ainda mais complexos. Beneficiando de uma extensa comunidade de aplicações e código aberto para o sistema operativo Linux em tempo real, esta solução beneficia igualmente de uma interface de utilizador embebida que permite implementar facilmente qualquer dispositivo a controlar e criar rotinas de interface com custo reduzido de componentes.

A solução permite igualmente fácil integração de câmaras e sistemas de visão, que podem ser conectados via USB 3.0 ou ligação Gigabit Ethernet, com suporte directo no sistema operativo NI Linux Real-Time ou integração directa numa aplicação, usando o sistema Vision IP para transformar o sistema FPGA num poderoso co-processador de imagem.

Actualmente disponível em versão de 4 slots, o CompactRIO irá ficar disponível em versão de 8 slots mais para o final do ano, confirma a NI.

Novas funções LabVIEW 2014
 
Ao mesmo tempo que foi anunciado o sistema CompactRIO, a NI acaba de anunciar actualizações ao software de desenho de sistema LabVIEW 2014. O LabVIEW 2014 cria uma plataforma através da qual se torna mais simples interagir com hardware através da reutilização do mesmo código e processos de engenharia entre sistemas, tornando simples a evolução para soluções mais complexas no futuro, poupando tempo e dinheiro.

“Usar o LabVIEW com o hardware CompactRIO da NI permitiu implementar um dos maiores sistemas municipais de distribuição de energia na América do Norte, criando uma solução descentralizada e distribuída com menos custos e menores riscos, em menos tempo. Esta solução permite adquirir, analisar e visualizar dados para estabelecer as prioridades nos projectos, melhorando a estabilidade da rede e optimizando toda a gestão”, explica Bob Leigh, presidente e CEO da empresa LocalGrid Technologies para explicar as vantagens desta combinação.

A nova versão do LabVIEW 2014 inclui novas capacidades de pesquisa de dados em rede para utilizadores do sistema DataFinder Federation; novos algoritmos integrados para análise, quer para o sistema operativo NI Linux Real-Time como para as funções de visão em FPGA; acrescentando igualmente um Data Dashboard que permite criar facilmente interfaces móveis para visualização de dados sem a necessidade de recorrer a programação específica.

Além disso, a nova versão do LabVIEW inclui 13 novas funções para optimização de código, ferramentas tutoriais online para aplicações LabVIEW RIO incluídas no serviço de software activo e novas ferramentas da LabVIEW Tools Network, tal como o LabSocket System da Bergmans Mechatronics. Este sistema permite acesso remoto a aplicações LabVIEW directamente a partir de um simples browser em computadores desktop ou dispositivos móveis, sem a necessidade de instalação de plug-ins específicos de browsers ou de licenças cliente.

O software LabVIEW 2014 simplifica igualmente a aquisição de ferramentas complementares e outras aplicações específicas através das suites LabVIEW.
 
  > Saber mais sobre o novo LabVIEW 2014
 
  > Visitar o website da NI para mais informações sobre o CompactRIO