My Cart
0 items$0.00
Modem Intel 3G potencia aplicações IoT

Para reforçar a sua aposta em aplicações Internet das Coisas – ou Coisas Ligadas à Internet – a Intel acaba de anunciar o seu novo módulo XMM 6255, uma solução de comunicação 3G completa que permite implementar facilmente ligações de dados a sistemas em cloud através de redes móveis.

A Intel começou por divulgar o seu novo módulo de modem XMM 6255 no seu blog oficial, tendo entretanto sido feita uma comunicação oficial com todos os detalhes a confirmar o lançamento comercial desta solução de comunicação sem fios para dispositivos IoT. A Intel justifica a aposta neste modem miniatura de baixo custo com o potencial de aplicações para muitos milhões de dispositivos conectados que podem vir a surgir nos próximos anos e onde as necessidades de comunicação beneficiam da disponibilidade generalizada de redes 3G – embora fosse bom saber o que os operadores das redes móveis de comunicações pensam disso...

O novo modem Intel XMM 6255 incorpora o transceptor RF Intel SMARTI UE2p emparelhado com um amplificador 3G que permite atingir cadências de dados até 7.2 Mbps em descarga e velocidades de upload até 5.6 Mbps. Além disso, o XMM 6255 vem numa placa de 3 cm2 que a Intel garante que é a mais compacta do género existente no mercado, sendo suficientemente pequena para equipar dispositivos IoT, desde sistemas de monitorização remota até sistemas de publicidade digital, por exemplo.

A tecnologia integrada no módulo XMM 6255 combina a transmissão e recepção do dispositivo SMARTI UE2p com um amplificador e gestão de corrente, tudo no mesmo chip. Dessa forma, torna-se possível reduzir bastante os custos de produção industrial e garantir a eficiência dos dispositivos IoT, nomeadamente com protecções contra sobreaquecimento, picos de corrente e factores ambientais difíceis, extremamente importantes em sistemas remotos que se querem fiáveis.

Segundo a Intel explica entretanto no seu comunicado oficial, embora as redes WiFi e o protocolo Bluetooth Low Energy proporcionem larguras de banda e cobertura adequadas a aplicações IOT domésticas, o modem XMM 6255 tem uma arquitectura de radiofrequência que permite potenciar aplicações no exterior em múltiplos ambientes. O seu desenho assegura que a solução é capaz de funcionar mesmo quando a cobertura das redes não é a melhor, tal como em parques de estacionamento ou caves, tendo uma antena 3G integrada que permite mesmo pensar em aplicações em dispositivos portáteis e sensores.

A Intel confirma que o modem XMM 6255 já foi integrado nos módulos 3G da série SARA-U2 da U-blox e outras parcerias deverão ser divulgadas nos próximos meses. A Intel acredita que a multiplicação de dispositivos conectados à Internet irá gerar um mercado de muitos milhares de milhões, uma vez que todos vão precisar de capacidades de computação que ainda há pouco tempo associávamos a computadores que apenas usávamos nos escritórios e todos com capacidades de comunicação.
 
  > Ver mais informações no website da Intel

Tags:

Posted in RF (radio) Posted Aug 21, 2014 6:25:37 PM
Um computador no pulso de todos e de preferência redondo?

A empresa Sensorstream é uma startup fundada por um rapaz esperto de Boston chamado Tom Rapko que diz que o seu objectivo é o de colocar “um computador em cada pulso”. Para isso, acaba de ver patenteado o seu conceito Pi Smart Watch Case que é basicamente uma caixa genérica – circular – igualzinha àquela que todos os relógios tradicionais têm e que ninguém se tinha lembrado de patentear.

Numa altura em que a Samsung não pára de lançar “Relógios Inteligentes” numa tentativa desesperada de se antecipar ao iWatch que a Apple irá supostamente lançar – e que até agora não passou de rumores – que hipótese é que um jovem empreendedor terá de capitalizar num mercado potencial de triliões? Assim nasceu a Sensorstream, uma empresa que se propõe combinar “estética e utilidade” criando uma “tecnologia disruptiva” que é a Pi Smart Watch Case. Segundo as palavras do próprio, “um desenho inovador que combina um ecrã circular, um corpo sem botões e sistemas electrónicos modulares integrados”. A Sensorstream fala inclusivamente de “carregamento sem fios” e de outras tecnologias interessantes, supostamente potenciadas por esta “invenção”.

Mas afinal de contas a Sensorstream desenvolveu um sistema integrado de ecrã com electrónica embebida e sensores para criar um verdadeiro “computador de pulso”? Se fosse assim, Tom Rapko já estaria provavelmente a trabalhar para a Google ou uma qualquer empresa chinesa ou coreana. Nada disso... A Sensorstream e Tom Rapko apenas são notícia porque conseguiram obter do USPTO (United States Patent and Trademark Office) a patente de uma “caixa de relógio circular” a que deram o nome de “Pi”. Aparentemente, a patente foi atribuída porque a “invenção” destina-se a ser usada num “smart watch”, ou um computador de usar no pulso, não para relógios – coisa que não teria qualquer interesse.

Isto até poderia ser divertido, se não fosse extremamente triste ver como o organismo de patentes norte-americano aprova uma patente de um desenho de “smart watch case” com ecrã circular! Naturalmente que Tom Rapko já afirma no seu blog que está aberto a ofertas de aquisição e licenciamento desta sua “caixa de relógio sem botões” com “suporte electrónico modular e actualizável”.

A Sensorstream anuncia até a venda de protótipos desta caixa, feitos numa impressora 3D, por $49,95 e opções, tal como uma tampa de vidro Gorilla Glass ou uma correia de relógio “resistente”, por 19,95 e 14,95 dólares,  respectivamente!

Tal como Tom Rapko descreve a sua empresa – optamos por não traduzir: “Sensorstream is a struggling start-up based in California trying to make a dent in the universe with disruptive wearable technology.”
 
  > Visitem o website da empresa aqui

Tags:

Posted in Hobby & Modelling Posted Aug 21, 2014 6:25:37 PM
Renesas lança novos reguladores de tensão CC/CC com funcionalidades integradas de Auto PFM e backup de bateria


A empresa de semicondutores Renesas Electronics anunciou a expansão do seu catálogo de soluções integradas de alimentação com o lançamento de inovadores reguladores de tensão 16V de tipo redutores síncronos, capazes de fornecer até 3A de corrente contínua com cargas de tensão tão reduzidas como 0,8V. Os novos circuitos integrados de potência são ideais para aplicações que exigem modos de muito baixo consumo, por exemplo em modo standby e sistemas que exigem redundância de alimentação em caso de corte da fonte principal. As aplicações principais destes novos dispositivos estão na área industrial, mas também na electrónica de consumo, sistemas de redes, redes de energia, etc.

“A evolução em semicondutores de alimentação tem criado um ambiente dinâmico que tem permitido uma forte inovação na gestão de consumos, aumentando a eficiência das aplicações existentes e nomeadamente um crescimento das aplicações que permitem a transmissão eficiente da energia”, afirma William Keeley, director de marketing sénior da Renesas Electronics. “Os técnicos de electrónica podem agora encarar estes dispositivos que estamos a anunciar como uma oportunidade para tornar a sua nova geração de soluções e produtos ainda mais eficientes”.

Ao reduzir a carga necessária sobre as fontes de alimentação primárias, estes novos dispositivos permitem reduzir o consumo e melhorar a dimensão dos próprios sistemas electrónicos, garantindo maior eficiência energética e menores custos BOM. Estes novos reguladores integrados – Simple Power Supply IC – da Renesas estão disponíveis em quatro séries diferentes de conversão CC/CC, com distintas tensões de saída e número de saídas. A funcionalidade de backup da bateria está disponível nos dispositivos das séries RAA23012X, RAA23013X, RAA23022 e RAA23023X. Cada série tem três versões diferentes, o que resulta num total de 12 novos dispositivos.

À medida que os sistemas electrónicos se têm vindo a tornar mais eficientes e compactos, nos últimos anos, a procura por blocos de alimentação com maior eficiência tem vindo também a aumentar exponencialmente. Um dos métodos mais comuns de reduzir o consumo consiste em incorporar modos que sustentem apenas as funções de modo dormente necessárias aos microcontroladores (MCU). No entanto, ao contrário dos MCUs, essa eficiência raramente abrange o próprio bloco da fonte de alimentação. O método comum de um par de díodos para criar redundância no circuito da bateria, em dispositivos de SRAM e MCUs – que precisam de corrente mesmo quando o sistema está inactivo – torna difícil desenhar equipamentos compactos. Além disso, os sistemas que exigem duas ou mais tensões diferentes, usam normalmente múltiplos circuitos integrados e componentes para fazer a gestão de diferentes tensões necessárias, aumentando custos e a dimensão dos sistemas.

Esta nova gama Simple Power Supply IC da Renesas tem agora um novo modo de auto PFM que reduz o consumo de conversão CC/CC para 100 µA, permitindo ter consumos significativamente inferiores ao das configurações CC/CC convencionais. Isto torna possível reduzir o consumo total do sistema, incluindo em microcontroladores, SoCs, etc., quando estes estão em standby. Por exemplo, o consumo total de sistema do MCU Renesas RX630, em modo suspenso de software e alimentado por um destes novos ICs reguladores, pode ser reduzido em 60% ou mais.

Quando a fonte de alimentação é desligada, o circuito integrado de backup da bateria comuta da função de saída CC/CC para alimentar os dispositivos que exigem alimentação permanente. Como o circuito está integrado no IC de alimentação, não existe necessidade de ter um par de díodos que antes eram necessários para monitorizar os níveis de tensão.

Os novos reguladores das séries RAA23022x e RAA23023x Reneses integram já dois conversores CC/CC no mesmo encapsulamento, incluindo MOSFETs, correcção de fase e circuitos de compensação de carga. Estas séries permitem assim a redução para metade do número de componentes, reduzindo substancialmente os custos totais dos sistemas.

A partir do final do mês de Setembro, 2014, a Renesas irá disponibilizar gratuitamente no seu website alguns exemplos de circuitos de configuração de backup e exemplos de sistemas que incorporam MCUs das séries RL78/G1X, SRAM, etc., para ajudar a melhorar a eficiência em novos desenvolvimentos. Além disso, para suportar o desenvolvimento, incluindo de novas fontes de alimentação, a Renesas vai oferecer placas de avaliação para os novos reguladores, já com MCUs e SoC integrados. O website da marca vai oferecer igualmente esquemáticos, recomendações de componentes e outras informações que ajudem a implementar estas novas soluções, com exemplos específicos para produtos com entradas de 5V, 12V e 24V.

Os novos reguladores vão estar disponíveis em três tipos de encapsulamento, com opções de um ou dois canais e diferentes tensões de saída: HTSSOP de 20 pinos, HTTSOP de 16 pinos e HLSOP de 8 pinos. Já é possível encomendar amostras de alguns dos reguladores, estando a produção em quantidade prevista para começar em Outubro de 2014.
 
  > Visitar a página especifica destes reguladores no website da Renesas

Tags:

Posted in Power Supplies Posted Aug 14, 2014 3:01:00 PM
Osciloscópios da Keysight agora permitem análise parametrizável no domínio da frequência

A Keysight Technologies (a nova designação da anterior divisão de teste e medida da Agilent) anunciou a disponibilidade de uma nova opção de análise no domínio da frequência (FDA) para os seus osciloscópios em tempo real onde, pela primeira vez na indústria, são os próprios utilizadores a definir a extensão do espectro.

A nova opção FDA amplia as capacidades dos osciloscópios das séries Keysight Infiniium e InfiniiVision permitindo agora a aquisição de sinais e a sua visualização no domínio da frequência no osciloscópio, assim como fazer medições neste domínio. A opção N8832A-001 inclui a aplicação, o código fonte da aplicação e software MATLAB, permitindo maiores capacidades de teste e medida com estes instrumentos.

A aplicação FDA fornece importantes capacidades de análise em frequência incluindo visualização de potência de densidade espectral (PSD) e espectrograma, normalmente existentes exclusivamente em analisadores de espectro e software especializado de análise no domínio da frequência. Além disso, as medições feitas no domínio de frequência incluem picos relevantes na PSD e largura de banda, relação sinal ruído, distorção harmónica total (THD), SFDR e erros de frequência, permitindo manter a capacidade de osciloscópio na aplicação para configuração de medições repetidas. Opcionalmente, torna-se possível ter acesso a comandos SCPI (Standard Commands for Programmable Instruments) adicionais para configuração avançada.

A aplicação permite igualmente a inserção de comandos customizados de processamento de sinais antes da visualização no domínio de frequência, permitindo assim efectuar análise avançada, sendo igualmente possível a análise no domínio temporal, em directo ou depois da aquisição, através do software MATLAB. A Keysight continua a ser a única empresa de instrumentação de teste e medida que vende e suporta o software MATLAB directamente, oferecendo assim uma solução completa. O software MATLAB está incluído na opção de aplicação Keysight N8832A-001.
 
“Esta aplicação FDA oferece formas bastantes importantes de visualizar e fazer medições no domínio da frequência com um osciloscópio em tempo real, ampliando as capacidades tradicionais destes instrumentos e permite superar desafios específicos de análise de sinais”, explica Dave Cipriani, vice-presidente e director geral da divisão de osciloscópios e protocolos da Keysight. “Além disso, se um projecto ou medição exigir análise no domínio da frequência para além das capacidades convencionais existentes, torna-se possível adaptar toda a solução para ir ao encontro dessas necessidades”.
 
Esta nova opção de aplicação Keysight N8832A-001 tem um preço de $5000 e está disponível de imediato.
 
  > Mais informação sobre a opção N8832A-001 de análise no domínio de frequência para os osciloscópios da Keysight

Tags:

Posted in Test & Measurement Posted Aug 14, 2014 3:01:00 PM
Electronica 2014 – 26ª Feira Internacional de Componentes Electrónicos, Sistemas e Aplicações em Munique

Aqui na Elektor já nos estamos a preparar para a participação mais importante de sempre na tradicional feira bienal de electrónica na Messe Munchen, de 11 a 14 de Novembro, 2014. Desta vez, a Elektor vai estar representada directamente pelos Elektor.LABS, para além da presença reforçada da nossa equipa editorial, e temos muitas actividades planeadas para quem participar naquela que é a mais importante feira de electrónica no mundo.

A Electronica 2014 é uma oportunidade valiosa para qualquer profissional da electrónica, cada vez reflectindo mais a importância dos avanços na tecnologia digital, circuitos integrados e sistemas embebidos. Desde 1964 que a Electronica tem vindo a reflectir as tendências mais importantes da tecnologia, oferecendo uma perspectiva completa da indústria internacional.

A feira de Munique foi curiosamente criada por iniciativa das empresas norte-americanas que, na época, procuravam uma plataforma internacional de expansão. Agora, a Electronica está a celebrar os 50 anos e prevê a presença de 2700 expositores e mais de 70.000 visitantes de todo o mundo, reflectindo em simultâneo o mercado de componentes e aplicações de sistemas, bem como dos serviços.

No programa para 2014, a Electronica está a planear espaços reforçados na área das aplicações automóveis, sistemas embebidas, aplicações de saúde e iluminação, para além das áreas que já vêm sendo introduzidas de segurança e eficiência energética. O programa de conferências e fóruns irá explorar directamente estes temas em grande profundidade. De acordo com os cálculos da Associação Industrial Alemã de Fabricantes de Sistemas Eléctricos e Electrónicos (ZVEI), o mercado global nesta área cresceu em cerca de 3% no ano transacto, atingindo um volume de facturação de aproximadamente 3,7 triliões de euros. Os mercados americano e asiático continuam a impulsionar esse crescimento, beneficiando directamente a indústria alemã onde o crescimento no primeiro trimestre de 2014 foi precisamente de 3%, em relação ao do ano anterior.

No ano de 2012 (a Electronica realiza-se de dois em dois anos), quase metade dos 73,051 visitantes e 63 por cento dos 2669 expositores vieram de fora da Alemanha. Sendo um evento baseado de forma equilibrada entre a exposição, conferência e fóruns, este ano a Electronica vai novamente tentar reflectir as tendências da indústria, sendo que o foco da tradicional mesa redonda inaugural vai focar a “Internet das Coisas: Possibilidades, Desafios e Questões de Segurança”.

Nos próprios pavilhões da exposição, vários fóruns convidam a uma acesa troca de ideias e ao diálogo com tópicos directamente relacionados com as áreas de exposição, tal como as aplicações automóveis e sistemas embebidos, para além do Fórum de Expositores e Mercado de Componentes e PCB. Estes tópicos são naturalmente explorados a fundo nas sessões da conferência Electronica 2014.

Na parte específica da conferência dedicada à electrónica automóvel – uma área chave que reflecte directamente os interesses das maiores empresas alemãs do sector – a associação ZVEI irá promover, no dia 10 de Novembro, uma sessão especial dedicada às tendências e estratégias da indústria. Intervenientes nessa sessão que decorre no Centro Internacional de Congressos de Munique, estarão representantes da Audi, BMW, Daimler, Freescale, Infineon, Intel, Osram, Renesas e Visteon. Este ano, o foco vai estar na iluminação, fusão de sensores e conectividade.
 
Na área das plataformas embebidas, a conferência Electronica 2014 vai olhar pela segunda vez para novas tecnologias e soluções concretas para desenvolvimento. Esta parte da conferência decorre nos dias 12 e 13 de Novembro, já em paralelo com a feira. Outra área importante será o Congresso Wireless, nos mesmos dias, onde especialistas internacionais vão discutir aspectos técnicos relacionados com o presente e futuro das tecnologias sem fio, sobretudo na área crescente das aplicações industriais.
 
  > Visitar o website da Associação Industrial Alemã de Fabricantes de Sistemas Eléctricos e Electrónicos (ZVEI)
 
  > Visitar o website da Electronica 2014

Tags:

Posted in Test & Measurement Posted Aug 14, 2014 3:01:00 PM

CONTACT US